no ,

Ponta Grossa tem o único saldo de empregos positivo no semestre entre maiores do Paraná

A cidade também registrou em junho um desempenho três vezes melhor que o do ano passado e superior ao das outras principais cidades do estado

Por Millena Sartori

Em meio à crise econômica gerada pelas medidas de combate à contaminação do novo coronavírus o mercado de trabalho de Ponta Grossa teve um desempenho melhor em junho deste ano do que no do ano passado: enquanto que no último mês a cidade acumula 450 contratações a mais do que demissões, em 2019 no mesmo período foram 208 demissões a mais do que contratações. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta terça-feira (28) pelo Ministério de Economia com base na movimentação de vagas com carteira assinada.

Comparando as cinco maiores cidades do Paraná Ponta Grossa, a quarta em população, foi a que registrou os melhores resultados tanto apenas no mês de junho quanto também no semestre. Nos últimos seis meses enquanto a maior cidade dos Campos Gerais teve um saldo de +260 vagas, todas as outras tiveram resultados negativos: Cascavel -56, Maringá -4.541, Londrina -5.585 e Curitiba -22.262. Considerando os resultados apenas do mês de junho, Ponta Grossa lidera com +45 vagas, seguida de Cascavel (+319), Curitiba (+301), Londrina (-409) e Maringá (-600).

Setores

O saldo de 450 novos empregos é fruto das 2.480 contratações menos os 2.030 desligamentos. Assim como nos outros meses, o setor que puxou o desempenho positivo foi o da construção civil, com saldo de +469 vagas, seguido do comércio (+6) e da indústria (+3). Registraram fechamento de postos de trabalho a agropecuária, com -4 empregos, e os serviços, com -24.

Dentro dos serviços o resultado dos segmentos foi o seguinte: informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas com +54 vagas e administração pública com +4; entre os saldos negativos encontram-se alojamento e alimentação (-46), transporte, armazenagem e correio (-27) e outros serviços (-9).

Semestre

No acumulado do semestre Ponta Grossa também registra resultado positivo, de 260 novas vagas, porém neste caso inferior ao saldo do mesmo período de 2019 que foi de +725 empregos. Por setor, apenas dois tiveram bons desempenhos: construção civil (+2.126 vagas) e agropecuária (+8 vagas). O pior saldo foi percebido no comércio (-1.059), seguido dos serviços (-627) e da indústria (-188).

Paraná se recupera em junho, mas ainda soma resultado negativo no semestre

O saldo de empregos de todo o estado do Paraná ainda soma um resultado negativo, de -47.070 vagas no semestre. Assim como em Ponta Grossa os setores positivos foram a construção civil (+7.400) e a agropecuária (+2.654). A indústria fechou o período com -4.355 empregos, os serviços com -23.008 e o comércio com -26.761.

No mês de junho, porém, desempenho foi positivo, com a criação de 2.829 vagas. Apenas o comércio teve o fechamento de postos de trabalho no mês (-721), enquanto que os outros setores contrataram mais do que demitiram: construção +1.828, indústria +1.599, agropecuária -77 e serviços +46.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Revitalização da Fernandes Pinheiro vai permitir passagem de veículos

Presidente da Ferrari aponta erros e prevê ciclo vencedor em 2022